Escolher uma hospedagem de sites pode ser uma jornada muito longa se você não souber o caminho das pedras. Pode parecer estranho eu, que trabalho numa empresa de hospedagem, falar isso. Meu nome é Amanda Gonçalves, sou analista de performance na KingHost, e é por isso que eu vim lhe mostrar o que faz o serviço de uma empresa de hospedagem ser excepcional. Vamos lá?

1 – Você vai precisar que seu site seja seguro

 

Vai por mim, você pode não acreditar, mas vai chegar um momento em que seu sonho vai ser que seu site seja muito seguro. Sabe por quê?  Diariamente uma série de sites são atacados ou invadidos e os prejuízos podem ser diversos: site fora do ar, pedidos de resgate pelas suas informações, perder definitivamente os dados do seu negócio ou, ainda, perder dados não só do seu site, mas dos seus clientes. E, nesse caso, o problema será ainda maior. 

Além disso, cada vez mais o público sabe reconhecer sites seguros daqueles que não o são. E se você não der a devida atenção a esse tema certamente perderá a possibilidade de fazer negócios e, consequentemente, verá o impacto financeiro. Dessa forma, atente-se aos recursos que as hospedagens de site que está avaliando possuem.

Na KingHost criamos um pacote com adicionais gratuitos que fazem toda a diferença quando o tema é site seguro. Para começar, você pode ativar sem custos o certificado SSL tanto para seu site quanto para emails. Ele é responsável pela criptografia dos seus dados, fazendo com que qualquer tentativa de golpe seja dificultada. 

É essa certificação que faz com que apareça aquele cadeado verde na barra de endereço do navegador. Além disso, atualmente sites sem certificado SSL não são exibidos no Google Chrome sem passar por um aviso que diz ao usuário que o site não é seguro e pede aceite do “risco”. E o próprio Google também pune sites sem SSL no ranqueamento orgânico do buscador. Ou seja, com o certificado é só sucesso.

Também fornecemos AntiVírus e AntiMalware para que você possa fazer uma varredura dos arquivos do seu site e remova aqueles que podem estar oferecendo perigo para o sucesso do seu negócio. E não podemos esquecer do nosso relatório de vulnerabilidade e do nosso web application firewall. O primeiro mostra os pontos que precisam ser otimizados no seu site para garantir a segurança e você pode acessá-lo gratuitamente. Já o segundo está protegendos os nossos servidores e também o seu site de tentativas de invasão e ataques.

2 – Preste atenção no uptime

Confesso que antes de trabalhar na King eu não sabia o que era uptime e nem tinha ideia de que isso existia. Mas como a própria palavra diz, trata-se do tempo que seu site fica no ar. Imagine que você fez o seu site e pensou em cada detalhe, o mínimo é que ele esteja no ar o tempo inteiro, certo? Pois saiba que nem todas as empresas de hospedagem possuem um uptime alto.

Ou seja, dependendo da sua hospedagem você poderá ficar perdendo os visitantes que tanto luta para atrair porque o seu site vive caindo. A estabilidade é essencial para o sucesso do seu negócio. Então, preste atenção, nunca contrate empresas que não garantem uptime em contrato.

Aqui na KingHost trabalhamos com um uptime de 99,9%. Isso quer dizer que em 99,9% do tempo o seu site vai estar no ar e disponível para os seus visitantes. E essa taxa é garantida em contrato, ou seja, você pode ter certeza que vai ser assim.

3 – A performance é muito importante

 

Em tempos de digital, a palavra performance pode ser usada para praticamente qualquer coisa rsrsrs. Mas quando o assunto é a  hospedagem do seu site, é preciso que a infraestrutura na qual você estará leve esse quesito muito a sério. 

Preste atenção na memória do seu plano de hospedagem. Trata-se do local onde seu site será carregado quando alguém tentar acessá-lo. É como se ela estivesse entre o disco e o processador, ou seja o seu site fosse puxado do disco para a memória para que possa ser processado e acessado pelos seus visitantes. Se o seu site é muito pesado e a sua hospedagem possuir pouca memória, seu site provavelmente será lento. 

Também preste atenção ao espaço em disco, é lá que ficam armazenadas não só aquilo que o seu cliente acessa, mas também as funções administrativas e tudo aquilo que diz respeito a sua aplicação. Se ela for muito grande para o espaço em disco, você poderá ter um site lento também.

Outro ponto muito importante, mas que não damos atenção quando não estamos no dia-a-dia da hospedagem de sites é o servidor do seu banco de dados. Imagine que tudo aquilo que faz parte da sua aplicação e as informações que as pessoas enviam para você através do seu site precisam ficar guardadas em algum lugar. 

Agora pense que cada usuário envia informações para você, trata-se de um volume muito grande de dados que precisam ser acessados. Se o servidor de banco de dados da sua hospedagem for lento, a experiência final do usuário será prejudicada. Por isso, aqui na KingHost temos bancos de dados com discos SSD que apresentam um menor tempo de respeito do que discos HD, fazendo com que o seu site seja mais rápido no final das contas.

Além disso, na KingHost é possível fazer a contratação de uma série de adicionais como o Varnish Cache. Trata-se de um serviço entre o usuário e o servidor que capta as páginas mais acessadas do seu site em salva em cache, fazendo com que os visitantes não precisem esperar todo o processo de carregamento das páginas do seu site. Ao invés disso, ao acessar eles são diretamente impactados por uma página pré-carregada, fazendo com que a resposta no navegador seja muito mais rápida.

E, pensando em performance e SEO, na King também temos uma ferramenta de SEO gratuita que mostra quais otimizações você pode fazer no seu site para ter uma melhor ranqueamento e também para melhorar a qualidade do seu site. 

4 – No segmento de hospedagem de sites, suporte é rei

 

Em uma rápida pesquisa na internet você já será capaz de perceber que grande parte das empresas de hospedagem de sites, ou hosting, não é brasileira. E talvez você comece a pensar diretamente: “ai, que ótimo, porque se a empresa é do exterior certamente o serviço será melhor”. Oops, aí que você se engana. E na primeira vez que você precisar de ajuda porque alguma coisa aconteceu no seu site você irá perceber.

Empresas de fora do Brasil não costumam apresentar um suporte disponível 24 horas por dia e 7 dias por semana para atendê-lo, além do fato de que normalmente atendem somente por chamado, ou seja, quando você abre uma ocorrência dentro do painel de controle.

Digamos que se o seu site cair e bater o desespero você precisará logar em um painel, enviar uma mensagem e aguardar um prazo de em média 48 horas para ter o seu chamado lido pela equipe. E isso não quer nem dizer que ele será resolvido em 48 horas, quer dizer que irão ler o seu problema nesse tempo, a resolução pode demorar ainda mais. Desesperador, não?

É para evitar que você precise passar por isso que aqui na KingHost temos um suporte premiado com especialistas que estão 24 horas por dia e 7 dias por semana disponíveis para ajudar a resolver o seu problema. Ou seja, se você perceber qualquer problema, basta levantar o telefone ou abrir um chat e alguém irá falar com você na hora e buscar a melhor solução para o seu problema. Ah, e todos os nossos especialistas falam em português, então você não precisará exercitar seu inglês caso precise de ajuda.

E por último, mas não menos importante: o dinheiro 

Empresas de hospedagem de sites de fora do Brasil costumam cobrar em dólar. Isso quer dizer que você deverá fazer o câmbio para reais e ainda contabilizar o IOF no pagamento. O resultado é que dificilmente você saberá quanto vai pagar pela sua hospedagem de sites, já que será refém de uma série de variáveis que não estão ao seu controle. Tenso, né? Como somos uma empresa brasileira, aqui na King toda a cobrança é feita em reais e, por isso, não existem surpresas do final do mês.

Confesso que antes de trabalhar no segmento de hospedagem de sites eu sabia que esse mundo existia e até já tinha entrado em contato com o suporte de algumas empresas. Mas não sabia que havia tantos aspectos importantes na hora de realizar uma contratação e que realmente fazem a diferença no resultado final do site. Espero que as dicas que eu trouxe com base na minha experiência ajude você a fazer uma escolha consciente na hora de contratar a sua hospedagem de sites.