O marketing de conteúdo é o novo ouro do mercado. É por meio dele que as empresas atraem clientes, além de fidelizar e estudar seu comportamento. Porém, para que essa estratégia funcione, é importante manter um blog ativo.

Muitas dúvidas podem surgir no momento da criação do blog. Além disso, contratar um profissional para criar seu site pode sair muito caro. O jeito é fazer você mesmo todo o serviço. Por sorte, a maioria das hospedagens oferece o serviço nos planos de assinatura.

Se você tentou fazer por conta própria, certamente esbarrou com um problema: é muito difícil deixar seu blog profissional. De fato, é uma tarefa complicada mesmo, mas tudo se resolve com algumas dicas de design.

Aproveite a leitura!

Escolha suas cores com cuidado

As cores são fundamentais para a harmonia do seu blog. Você já tentou selecionar cores que ornem? É impossível encontrá-las apenas no olho. Para facilitar o trabalho de designer — no caso, o seu trabalho —, algumas empresas oferecem ferramentas gratuitas para encontrar essas combinações de cores.

Uma dessas ferramentas é o Coolors.co — sim, é .co e não .com. O site é completamente gratuito e vai te ajudar muito na hora de escolher as cores de seu blog. Você terá uma paleta completa em menos de 5 minutos.

O ideal é selecionar 3 ou 4 cores para seu blog. Não é recomendado utilizar mais de 5 cores em um mesmo site. Vira uma mistureba danada.

Fora o visual estiloso, as cores ajudam no reconhecimento de marca. Não me diga que a cor dourada não remete ao McDonald’s? E o azul bebê do Facebook então… são cores muito características dessas empresas.

Não encha seu blog de coisas que se movem

Sabemos que é lindo colocar gifs no texto. Tem alguns que soltam até brilhinhos quando o usuário passa o mouse. E os gatinhos fofos? Por mais tentador que seja, não é muito legal usar itens que se movem dentro do seu blog.

A razão disso é muito simples: eles puxam a atenção do leitor para eles. Dessa forma, o usuário vai tirar o foco do que realmente importa — o conteúdo do blog — para olhar os gifs. Os olhos humanos são treinados para focar em coisas que se movem; é impossível não olhar.

Além disso, outra coisa que pode estragar seu blog são efeito na página. Embora seja uma prática em desuso, você pode ficar tentado a colocar em seu site. Flocos de neve caindo, confetes e até gotinhas de água atrapalham muito na hora de ler seu conteúdo.

Outro ponto importante são os banners de monetização. Seu blog pode gerar algum rendimento para você, desde que não sacrifique a experiência do usuário. Coloque um ou outro local de anúncio — o mais discreto possível. Preze pelo seu leitor.

Seja consistente em suas postagens

Ser consistente é importante em todos os aspectos de nossa vida. Em resumo, significa que você é disciplinado e cumpre com sua palavra. No entanto, esse conceito também vale para blogs.

Ao contrário da vida social, ser consistente nos blogs significa não sair de sua área de interesse. Quantas vezes você já viu uma postagem sobre marketing digital em um site que vende chocolate? Isso pode até existir, mas o Google penaliza tanto esses sites que eles ficam esquecidos por aí.

Se seu blog fala de viagens, não mude de assunto em hipótese alguma. Porém, você está livre para escrever sobre restaurantes que visitou, pontos turísticos e assim por diante. Não mude “de pato para ganso” de uma hora para a outra. Quer falar sobre filhotinhos de gato? Crie um novo blog. Assim você não causa estranheza em seus leitores.

Manter cada tema em um blog diferente vai tornar seus blogs mais profissionais. O ideal é contratar um redator para criar conteúdo profissional.

Um visual simples é a melhor opção

Essa é a dica mais importante do universo: um visual simples, clean e eficiente é o melhor de todos. Para isso, use os temas do WordPress, por exemplo. Alguns deles são excelentes para blogs — e você não paga nada para usar.

Tome cuidado com os menus. O Google detesta menus complexos, onde o usuário precisa clicar várias vezes até chegar ao objetivo final. Preze pelo simples e prático.

Outro ponto importante é usar alguns atalhos de conteúdo. Definir categorias é ótimo para melhorar a experiência do usuário. Além disso, deixar as categorias fáceis de acessar também é importante.

Dessa forma, seu leitor poderá vagar pelo seu blog com bastante facilidade — e o Google vai amar essa interação. 

Essas dicas com certeza vão melhorar o seu blog. Lembre-se de dar a sua personalidade a seu site. Escolha cores, imagens, tópicos e todo o resto com bastante atenção. O seu blog vai crescer com o tempo e com a consistência de postagens.