Criação de sites SP – todo brasil

Nesses tempos incertos de crise econômica, muitas dúvidas permeiam o pensamento das pessoas. Como vou pagar meu aluguel e contas de água e luz? Por isso, muitos tem buscado no empréstimo uma forma de amenizar as dívidas causadas pela instabilidade econômica.

No entanto, ter o nome sujo tem feito alguns indivíduos pedirem empréstimo a agiotas. E se você é uma dessas pessoas, acredite, essa pode ser uma das piores alternativas que você pode tomar.

Isso porque o agiota oferece empréstimos com juros muito mais altos do que os praticados no mercado. Além disso, essa prática é ilegal e por esse motivo, é o mais acessado principalmente se você está desesperado.

Por isso, vamos te dar alguns motivos para você não solicitar um empréstimo com agiota.

Essa prática é crime

Sim, pode parecer que não, mas pedir empréstimo a um agiota está enquadrado nos crimes contra o Sistema Financeiro Nacional e também contra a economia popular.

Agiotas são abusivos

Além de você ter de pagar juros altíssimos, chegando até 40% ao mês, eles costumam pedir como garantia de pagamento do empréstimo os seus bens pessoais, como veículos e objetos de valor. Assim sendo, fica muito mais fácil você se enrolar e perder tudo o que você tem.

Não se sabe a origem desse dinheiro

Outra realidade é que você não sabe de fato qual a origem do dinheiro desse empréstimo. Ele pode vir de roubo, lavagem de dinheiro, corrupção, ou qualquer outra ação ilegal.

Portanto, fique esperto e em hipótese alguma peça um empréstimo com um agiota. Isso porque você estará se envolvendo com alguém que age ilegalmente, ou seja, você também poderá ser acusado de crime.

Além disso, poderá sofrer consequências, como ser ameaçado ou agredido, caso não pague a sua dívida. A opção ideal nesse caso é solicitar um empréstimo numa instituição financeira segura e que te ajude a resolver o seu problema financeiro.